sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Power Of Negative Thinking: B-Sides & Rarities.


Power Of Negative Thinking: B-Sides & Rarities (2008), é o mais novo lançamento dos escoceses do Jesus and Mary Chain. São quatro discos em um box repleto de raridades e lados b de compactos lançados em meados dos anos oitenta até 1998, quando a banda se separou após uma briga entre os irmãos Reid num show na Grécia.

Jesus and Mary Chain foi formado no bairro escocês de East Kilbridge pelos irmãos Jim e William Reid. Entediados por não ter o que fazer, a não ser assistir televisão e 'encher a cara' com os amigos de escola, resolveram comprar uma guitarra para matar o tempo.

Começaram tocando músicas de seus ídolos: Velvet Underground, Stooges, Beach Boys...

Logo, estavam escrevendo suas próprias letras. Convidaram os amigos Douglas Hart e Bobbie Gillespie, que sairia após o lançamento de seu primeiro álbum, Psychocandy (1985), para formar o Primal Scream.

Buscando uma nova sonoridade e letras que não falasse sobre política, coisa que eles odiavam, compraram um pedal japonês usado e com defeito, que acabou tornando a principal característica do som da banda: uma muralha de ruídos e distorções ensurdecedores.

"Upside down", primeiro single lançado em 1984, chamou a atenção dos críticos de plantão, mas sem muita repercussão.

Foi com "Just like honey", primeiro compacto extraído de Psychocandy, que os caras começaram a ganhar seu espaço nas publicações inglesas e criar um séquito de fãs em seus curtos shows.

Sempre usando roupas preta, costumavam tocar de costas para a plateia, demonstrando total apatia para com estes.

A fórmula ruídos, distorções e melancolia transformou Psychocandy num disco único na história. É punk sem ser agressivo. Por trás de toda barulheira tem um cara cantando como se estivesse falando no ouvido de uma mulher.

Junte o wall of sound de Phil Spector, mais Velvet Underground e Beach Boys, e aí está um som que veio para ficar.

Fim da primeira parte.
Postar um comentário