sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Quatro Discos Para Este Fim De Semana.

Tindersticks - The Hungry Saw. A banda de Stuart Staples, vocal e letrista dos Tindersticks, banda de Nottingham, Inglaterra, volta em grande forma com o sétimo álbum de carreira, que, in my opinion, está entre os três melhores trabalhos desde que começaram nos longínquos anos noventa.
O som do Tindersticks é para ser ouvido com muita atenção e sem pressa. Com vocal soturno, casando perfeitamente com um som denso e atmosférico, a banda de Staples encontra algum parentesco quando comparado ao mestre da cavernas, o australiano Nick Cave, um dos preferidos do On The Rocks.
The hungry saw foi lançado no primeiro semestre deste ano, mas nunca é tarde para indicar mais um belo álbum destes craques da melancolia.


Glasvegas. Este é o primeiro e homônimo álbum dos escoceses do Glasvegas. Surgiram em 2001, ao longo destes anos, lançaram seis compactos após serem descobertos por Alan McGhee - fundador do selo Creation Records - lendário por lançar bandas importantes do rock britânico, como: Jesus and Mary Chain, My Bloody Valentine e Oasis.
No som do Glasvegas, que vem despertando a curiosidade da crítica britânica, há um misto de Phil Spector, The Clash e a urgência punk surgido no final dos anos setenta, e a microfonia dos Reid Bros.
Uma grata surpresa! Quero agradecer ao meu amigo Tinho Safira pela apresentação destes caras que vão dar muito o que falar. Só falta agora marcarmos um encontro etílico ao som do Glasvegas.


Taken By Trees - Open Field (2007). O único não lançamento deste pacote, é o mais novo projeto da menina Victoria Bergsman, que deu um tempo com os Concretes, sua banda formada na Suécia há alguns anos atrás.
Victoria encantou-me com sua voz doce e delicada, há uns dias atrás quando estava pesquisando na web. Deparei-me com a capa do seu único álbum que me chamou atenção.
De instrumental simples e bem acabado, poderia ter entrado em minha lista de melhores de 2007 caso tivesse ouvido na época.
Victoria já colaborou com seus conterrâneos do Peter, Björn and John. Foi Björn que produziu suas primeiras demo tapes.

Oasis - Dig Out Your Soul. Este é o mais novo petardo dos irmãos Gallagher, que, juro, pensei que não fossem fazer nada de bom depois do resultado do anterior Don't believe the truth (2005), um álbum morno que deixou muito a desejar, não lembrando nem um pouco clássicos do passado, como: Definitely maybe (1994) e (What's the story) morning glory? (1996).
Engraçado é que comecei a gostar de Don't believe... depois que ouvi Dig out your soul, que parece continuação do disco anterior, só que melhorado.
Maduro e inspirados, os caras de Manchester, Inglaterra, seguem rumo ao pódio dos maiores do rock na certeza de ficarem entre os primeiros. Até mais.
Postar um comentário