sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Galeria.


O Galeria deste mês homenageia a célebre Blue Note Records, a mais conceituada e respeitada gravadora de Jazz do planeta.

Fundada pelo alemão Alfred Lion nos Estados Unidos em 1939, de fama "Cool", suas capas devem muito ao talento do designer Reid Miles, seu braço direito.



A fama da Blue Note deve-se muito mais à arte do que à música. Edson Rui, meu amigo e colecionador de discos, uma vez proferiu: "Os discos da Blue Note a gente compra pela capa!"


O Cast da gravadora nunca foi repleto de artistas conhecido do grande público, mas muito admirado pelos seus colecionadores e amantes do Jazz em geral.


O extraordinário saxofonista John Coltrane sempre sonhou em gravar um álbum pelo selo e, reza a lenda, por pouco não conseguiu sua façanha. No dia em que fora conhecer os donos do selo para fechar negócio, o gato que vivia no escritório da gravadora fugiu pela janela. A reunião teve que ser cancelada, por sorte dos admiradores do selo e de Coltrane - ao qual faço parte - uma segunda reunião fora marcada e tudo deu certo. Resultado: o magnífico Blue Train (1957).


Não foram poucos os artistas que gravaram por lá. Consta em seu Cast os maravilhosos: Stanley Turrentine, Hank Mobley, Grant Green, Coltrane, Horace Silver, Lee Morgan, Miles Davis, Lou Donaldson, Sonny Clark, Jimmy Smith, Sonny Rollins e tantos outros.

Preparei este post para os olhos, espero que tenham gostado. Ah, e não esqueçam de visitar o meu blog de poemas: http://www.lavergadelbuenas.blogspot.com/. Até mais.

Postar um comentário