sexta-feira, 30 de julho de 2010

Jack Kerouac, o Santo Beat.

"Minha vida que não me ama, minha amada que não vai me amar: seduzo as duas".

"Eu me arrastava atrás como sempre tenho feito toda minha vida atrás de pessoas que me interessam, porque as únicas pessoas que me interessam são os loucos, os que estão loucos para viver, loucos para falar, que querem tudo ao mesmo tempo, aqueles que nunca bocejam ou falam chavões... mas queimam, queimam, queimam como fogos de artifício pela noite".

"Os pisos das estações rodoviárias são exatamente iguais no país inteiro, sempre cobertos de baganas e catarro e de uma melancolia que só mesmo as rodoviárias têm".
---------------
Amanhã, tem o Disco da Semana, e no domingo, um poema novo. Até lá.
Postar um comentário