segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Horses and high heels, o mais novo disco da Marianne Faithfull.

Costumo dizer que tenho três musas inspiradoras na música, e uma delas, a Marianne Faithfull, lançou há duas semanas atrás, Horses and high heels, o 23° disco de sua carreira.
Esta loiraça, que já fez minha cabeça várias vezes, era conhecida em sua juventude como "a namorada de Mick Jagger". Na verdade, ela é bem mais do que isso.
Cantora, letrista e atriz de talento e versatilidade incontestável, esta inglesa encantou o mundo com sua belíssima versão para o clássico As tears go by.
Complicações com álcool e heroína - época em que tentou suicídio nos anos setenta -, quase a levaram daqui. Graças aos bons deuses, permaneceu para lançar no final dessa mesma década, um dos seus melhores álbuns: Broken English (1979).
Com uma voz diferente, densa e provocante, Marianne resurgiu praticamente das ruínas em que estava vivendo para seguir firme em sua carreira repleta de belas interpretações, não só na música, mas como no cinema também.
Horses and high heels faz jus à carreira de uma artista que me faz lembrar uma boa garrafa de vinho - quanto mais velho melhor.
Como nos lançamentos anteriores, Marianne convocou um timaço de artistas para acompanhá-la.
Lou Reed, um dos meus ídolos, é um desses convidados.
Ouça Horses and high heels e entre no clima de um dos principais lançamentos do ano.
Minhas outras musas são: Patti Smith e Jane Birkin.
--------------
Estou ouvindo muito Hardcore will never die, but you will dos escoceses do Mogway.
Atmosférico e denso, porém acessível, Hardcore... está mexendo com minhas noites, quando fico sozinho no meu canto refletindo sobre o dia e as coisas da vida...
Recebi um e-mail de um amigo onde o jornalista André Barcinski critica o indie rock. Meu caro, inspirado no disco do Mogway, e no seu texto, farei uma camiseta assim:
Indie rock will never die, but you will.
Não sei por quê o indie incomoda tanto as pessoas mais radicais... a gente não tá nem aí para críticas como a do Barcinski e fica todo mundo enchendo o saco com esse papo.
Ah, antes que eu me esqueça, já está disponível para download, The king of limbs, o mais novo do Radiohead.
Eles demoraram, mas não falharam. Que bom! Os indies só têm a agradecer.
---------------
Terça-feira que vem tem o bota fora de Persie no Sebo Praia dos Livros, a partir das 18:00h, com discotecagem da mesma, DJ Linn e Elettra.
Logo depois, rola mais uma edição do TAZ (Tuesday Autonomous Zone) no Ulisses Bar, 19:00h. Free.
E eu, é claro, vou pros dois. É isso. Até a próxima.


Postar um comentário