segunda-feira, 6 de junho de 2011

Faça-me.

Para ler ao som de makes me wanna die by Tricky.

Faça-me querer esquecer você. Faça-me querer morrer por você. Por mim. Mais o tempo passa, mais desejo querer esquecer você. Faça-me esquecer o tempo de pensar em você. Esquecer os dígitos, o número do seu telefone. Do seu aperto. Faça-me beber o último gole e parar de pensar em você. Quero esquecer esses momentos atordoantes; este incômodo clarão esmurrando a janela do meu quarto. Faça-me esquecer o seu. Andar na contramão. Desligar o motor na pista negra do bairro cristão. Esquecer a esperança de ter você no meu colo. No meu chão. No meu corpo estirado no chão. Faça-me querer limpar esta nódoa que não sai de mim. Esquecer essa dimensão mágica perfurando meu pensamento.
"Adiando o inevitável", na parede amarela, me pareceu um pressentimento.
Visite a La Verga, meu blog de poemas eróticos: www.lavergadelbuenas.blogspot.com. Até a próxima.
Postar um comentário