sábado, 15 de junho de 2013

O buraco é mais embaixo.


Eu estava conversando com meu amigo Luciano Fraga sobre as manifestações em SP. Lembro ter dito que tem pessoas acreditando que toda revolta seja por míseros 20 centavos e que se você parar pra pensar um pouquinho, perceberá que o buraco é mais embaixo. Tem muito de política incutido ali. Mas o buraco é mais embaixo. As frustrações e insatisfações de um povo com suas vidas, sua cidade, seu país, é muito maior. Suas vidas têm um peso e é justamente isto que tá pesando. Eu fico do lado de cá, em alguma cidade da Bahia, preocupado com as pessoas. Com meus amigos. É que eu não tô preocupado com essa historinha de destruir "nossa cidade" e esse blá blá blá todo. Minha preocupação é com as pessoas. Soube que o vidro do carro de um amigo foi quebrado e me pego pensando "o que o cara tem a ver com isso?". Acho que no fundo somos um pouco culpados (quem foi que colocou esses filhos da puta no poder?). Mas isso vai passar e logo o povo estará votando de novo. Eu não voto há muito tempo e não tenho problema algum em dizer isso. Não voto porque não acredito em ninguém. Mas essa revolta toda vai além de míseros 20 centavos. Tem muita gente por aí insatisfeita com suas vidas e aproveitando pra extravasar. Gritar. Botar pra fora. Prevendo que essa revolta atinja todo o país em plena época de copa das confederações, é bom. Conforta. Mas é claro que o efeito vai passar e a realidade estará de volta batendo em minha porta em busca de alguns trocados.

Até a próxima.
Postar um comentário