quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Guia de Drinques (4° parte).


Jack Kerouac (1922-1969).

 "Não beba para se embebedar. Beba para aproveitar a vida". 

J.K.

"Antes de cair na estrada, Kerouac correu mares. Jovem com sede de aventura, alistou-se na Marinha americana. À espera do exame de qualificação, acabou numa bebedeira em Boston. Inexplicavelmente, ingressou na Guarda Costeira e mais tarde no mesmo dia prestou juramento como fuzileiro naval. Dando-se conta de que era tecnicamente membro de três braços das Forças Armadas, Kerouac fez a única coisa sensata - bebeu mais. Acabou desmaiando num bar de marinheiros e de manhã viu-se a bordo do SS Dorchester com destino à Groenlândia. No meio de tudo isso, tinha telefonado para os pais e dito que chegaria em casa "um pouco atrasado".

Agora era um marinheiro mercante, carregando um pequeno saco de roupas e livros. Embora mais tarde a Marinha o tenha diagnosticado como uma "personalidade esquizóide" e o dispensado, continuou bebendo como um marinheiro pelo resto da vida".

Bebida preferida: Margarita. Eis a receita. 

45ml de tequila branca;
30ml de cointreau;
15ml de suco de limão taiti;
sal;
gomo de limão.

Passe o gomo de limão na boca de um copo de coquetel gelado; em seguida, pressione-se contra o sal colocado em um pires. Despeje todos os ingredientes em uma coqueteleira cheia de gelo. Bata bem. Coe para o copo de coquetel preparado. Decore com o gomo de limão. Também pode ser servido com gelo, em um copo old-fashioned.

Do livro Guia de Drinques dos grandes escritores americanos. Escrito por Mark Bailey e ilustrado por Edward Hemingway (neto de Hemingway).

Tin tin.
Postar um comentário