quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Guia de Drinques (3ª parte).


Charles Bukowski (1920-1994).

"Um dos poucos escritores a ser talvez tão famoso por seus porres quanto por sua produção, Bukowski era um bêbado que vomitava, mijava, brigava, trepava e caía. Dizia-se que era capaz de beber 30 cervejas de uma tacada, e também de escrever 30 poemas em uma semana. Durante alguns anos, chegava aos bares assim que abriam - cinco e meia, seis horas da manhã - e ia embora quando fechavam. O típico freguês de bar, Bukowski ficava sentado em seu banco, observando. Às vezes brigava, às vezes falava pelos cotovelos, mas sempre escrevia e sempre bebia".

Bebida preferida: Boilermaker. Eis a receita:

60ml de whisky tipo bourbon, rye ou standard;
250ml de cerveja tipo lager.

Coloque o whisky em um copo shot. Coloque a cerveja em uma caneca apropriada. Tome de um só gole o whisky puro e beba a cerveja logo em seguida. Gelada, ela irá perseguir o destilado quente em sua garganta.

Do livro Guia de Drinques dos grandes escritores americanos. Escrito por Mark Bailey e ilustrado por Edward Hemingway (neto de Hemingway).

Tin tin.
Postar um comentário