sábado, 28 de dezembro de 2013

Dangerous Glitter.

(Edie Sedgwick).

"Edie e Warhol brigaram no final de 1965, e ela exigiu que as cenas que filmara para Chelsea Girls fossem cortadas (as cenas foram substituídas por outra, estrelada por Nico). Na sequência ela começou a se relacionar com Bob Dylan, que fez para Edie as canções "Just like a woman", "Leopard-Skin pill-box hat" e, segundo alguns pesquisadores, "Like a rolling stone". A relação foi bem até ela descobrir, através de Andy Warhol, que Dylan se casaria, em segredo, com Sara Lownds. Depois disso, Edie afundou numa triste sucessão de problemas com drogas, polícia, álcool e internações em hospitais psiquiátricos. Morreu em 16 de novembro de 1971, vítima de uma combinação de barbitúricos e bebida alcoólica".

Do livro Dangerous Glitter - Como David Bowie, Lou Reed e Iggy Pop foram ao inferno e salvaram o rock 'n' roll. Escrito por Dave Thompson.

Até a próxima.
Postar um comentário