segunda-feira, 10 de março de 2014

Fechando o mercado.


Entrou fechando o mercado com um short tão curto que dava pra ver os pelos negros e fartos da buceta. Parou tudo - até a menina do caixa se atrapalhou com o troco. Segui os passos dela como quem não quer nada até o exato momento em que ela sorriu pra uma amiga que havia encontrado. Era um sorriso que mostrava diversas falhas em seus dentes; senti falta de outros - sem contar o caquinho visível no canto esquerdo da boca. De súbito, tudo voltou ao normal.

Postar um comentário