segunda-feira, 7 de julho de 2014

Os amores do meu amigo.

(Art: João Pinheiro).

(Para um amigo que admiro muito) 

Meu amigo ama demais 
Meu amigo não consegue decidir com quem ficar 
Ele ama demais
E como ama... 
Ama a noiva (são onze anos de noivado) 
E a amante intensamente 
Ele ama como ninguém 
Os amores do meu amigo são diferentes 
Elas a amam do seu jeito
Do jeito que o meu amigo, um grande cara, merece 
Meu amigo merece os amores que tem 
Meu amigo ama demais 
Os amores do meu amigo são assim: especiais.
Postar um comentário