sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Trilha da madruga: Elliott Smith.


Para uma madrugada onde o facebook nada me diz entre uma eleição e outra -- como são chatos esses posts onde pessoas só faltam sair na mão pra defender seus candidatos. Cada um crê no seu e defende com unhas e dentes. Eu não perco meu tempo com isso, desculpa. Tô tentando cortar uma gripe que tá prestes a me derrubar. Gosto de pensar que é gripe. Das brabas. Tem quatro tipos da "Rasen Bier" na geladeira me esperando. Uma pena que não posso desfrutar das cervas de Gramado que comprei hoje descendo a Frei Caneca depois de comprar o novo álbum do Leonard Cohen, "Popular problems". Cohen é um "gentleman". Desses que amam as mulheres. Antes, descobri um restaurante mineiro entre a Caneca e a Augusta. Adoro comida mineira e aproveito pra dizer que a garçonete era uma atração à parte e seu sorriso me fez adiar um pouco o pedido. Fiquei ali bebendo a "Verdinha" e curtindo o calor. Nunca mais eu havia saído de casa ao meio-dia -- é que normalmente acordo nessa hora; mas tava louco para completar minha coleção do canadense. Também amo as mulheres. Acontece que Cohen é um cavalheiro. Ele é do tipo que manda flores e puxa a cadeira pra elas sentarem. Diferente de mim. Eu não faço essas coisas. Tô mais pra Bukowski. Nesta semana, meu amigo Lucas "De Maior" fez uma comparação da minha escrita com a do velho safado. Já ouvi muito essa comparação. Mas a do Lucas foi diferente: "Buenas, você é muito influenciado por Bukowski. É verbo, substantivo e complemento; o que difere é teu estilo. O teu é próprio". É, Lucas, estilo é a marca. A digital. Então eu fiquei admirando a garçonete do restaurante mineiro. Realmente adoro comida mineira e sou tarado por garçonetes. Voltando à trilha da madruga: depois de ouvir Cohen, me deu vontade de ouvir o Elliott. Minha garganta continua doendo e esta sensação febril só faz meu humor piorar. Com essa "politicagem" virtual, então, nem se fala. 

Até a próxima.

Elliott Smith: www.youtube.com/watch?v=YvshckQBt1c

Postar um comentário