quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Melhores do Ano (2ª parte).


Eu gosto e sempre tive preferência pelo rock inglês e americano. Pela música estrangeira. Costumo brincar com um amigo que prefiro o original do que a cópia. Já ele prefere a cópia. Ele gosta mais do Barão Vermelho. Eu gosto mais dos Rolling Stones. É por aí. 
Ouvi poucos discos nacionais este ano. Não muito diferente dos outros. Por isso só escolhi oito. A lista dos estrangeiros continua com dez. Me lembrando agora de um cidadão que me disse: "Buenas, você é um alienado. Eu tenho pena de você". Não sei por que me lembrei disso agora. Sei lá. 

Melhores Discos Nacionais. 

08) Tio Che - Bléqui ou uáti.
07) Glauberovsky Orchestra. 
06) Reverento T. e Os Discípulos Descrentes - Azul profundo. 05) Loomer - You wouldn't anyway.
04) Renato Godá - Eu não mereço seu amor. 
03) Declinium - Marte. 
02) Saco de Ratos - Saco de Ratos 3.
01) Luís Capucho - Poema maldito. 

Melhores Músicas Internacionais.

05) Karen O. - The moon song. 
04) Thurston Moore - Speak to the wild.
03) Afghan Whigs - Algiers. 
02) Parquet courts - Uncast shadow of a southen myth.
01) Marianne Faithfull - Sparrows will sing. 

Melhores Discos Internacionais. 

10) The Raveonettes - Pe'ahi.
09) St. Paul & The Broken Bones - Half the city. 
08) Marianne Faithfull - Give my love to London. 
07) Foxygen - ... And star power.
06) Neil Young - A letter home. 
05) Echo and The Bunnymen - Meteorites.
04) Wilko Johnson & Roger Daltrey - Going back home. 
03) Leonard Cohen - Popular problems.
02) Naomi Shelton & The Gospel Queens - Cold world.
01) Thurston Moore - The best day.

Melhores Shows.

The Jesus and Mary Chain - Festival da Cultura Inglesa.
Thurston Moore - Cine Jóia.
Sebadoh - Sesc Pompéia.

Melhor Bar. 

Mercearia São Pedro (A Merça) - Rua Rodésia (esqueci o n°). Vila Madalena, SP - SP.

Feliz ano novo para todos.

Até a próxima.

sábado, 27 de dezembro de 2014

On The Rocks Recomenda.


Altamente Recomendável. 

Night on earth (Uma noite sobre a terra), do grande Jim Jarmusch.

Assistir: www.tocadoscinefilos.net.br

Até a próxima.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Melhores do ano (1ª parte).


Adoro fazer listas e tô sempre lendo as que são publicadas nas revistas que acompanho (Uncut, Mojo e, às vezes, a Rolling Stone). Não sou leitor dessa última. Tipo de revista que não me diz nada, mas como sou curioso, leio ocasionalmente na biblioteca pública. Sim, na biblioteca. Eu pago cinquenta reais todo mês na Uncut, mas não pago onze na Rolling Stone. Então eu costumo fazer minhas listas de melhores livros e discos todo final de ano. É assim desde que criei o On The Rocks em 2008. Costumo fazer assim: a primeira parte, melhores livros, sai às vésperas do Natal; e as melhores músicas e discos, no último dia do ano.

Eis os melhores livros que li este ano independente do ano de lançamento (em ordem alfabética).

1) Bruno Bandido - Tem um palhaço agressivo e um hooligan triste em algum lugar aqui dentro.
2) David Goodis - A garota de Cassidy. 
3) Danislau Tb - Hotel rodoviária.
4) Fábio Massari - Mondo Massari. 
5) Liev Tolstói - A morte de Ivan Ilitch. 
6) Marcelo Mirisola - Hosana na sarjeta. 
7) Marcia Barbieri - A puta. 
8) Philip Roth - Animal agonizante. 
9) Reinaldo Moraes - O cheirinho do amor (Crônicas safadas).
10) Samuel Beckett - Primeiro amor.

Alguns deles, não terminei ainda. São dois. Mas ler um livro, pra mim, é como beber uma cerva desconhecida: no primeiro gole, eu sei quando é das boas ou não. E raramente erro. 

Feliz Natal.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Discotecagem de sexta-feira.


Na disco desta sexta-feira, 12, vou dividir as pick ups, mais uma vez, com Carca Rah e Mário Bortolotto. Começa às 20H. Em seguida, a gente vai dar uma pausa por causa da peça Patrimônio que começa às 21:30H [a peça tem uma hora de duração]. Depois, a gente retorna com o som e sabe Deus a hora que vai acabar. Não paga pra curtir a disco. Tô sabendo que vai ter torta da Gabi. Acho que é de frango. Então, depois da peça, a gente fica por ali se revezando nas pick ups. Para esta, vou fazer um set só com Motown e Stax. Deverá ser de quarenta minutos. Depois, o rock é quem comanda e tá tudo certo.

Assim será meu set: Motown x Stax. Em seguida, será a vez do rock, esse menino traquino que nunca cansa. 

Local: Cemitério de Automóveis SP (Rua Frei Caneca, 384).

Até lá.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Trilha da madruga: Zé Ramalho.


Saindo da Merça, entramos no táxi e tava tocando "Chão de giz", clássica do repertório do Zé. Do primeiro álbum - sua obra-prima - em minha opinião. O motorista mandou essa: "Esse cara é inteligente. Eu gosto dele porque ele é um cara inteligente". Sim, Zé é um cara inteligente. Eu diria "muito mais que isso". O presidente do Banco Central é inteligente. Políticos são inteligentes (Lula, é. Dilma, tenho minhas dúvidas). Publicitários são inteligentes. Pelé é inteligente. Há tantos inteligentes... Sabedoria, talento e genialidade, não. Isto é pra poucos. Deixar na história uma obra como esta, é pra poucos.

Pra ouvir "Chão de giz": https://www.youtube.com/watch?v=AiATDmLo6r8

Até a próxima.