domingo, 26 de abril de 2015

Eu fiquei de cara...

Eu fiquei de cara quando ouvi o Nirvana tocando The man who sold the world. Bowie é um dos meus prediletos. Tem muita gente na frente dele. Mas ele é. Ele é um dos que fizeram minha cabeça na adolescência. Nirvana veio bem depois. Kurt Cobain tem meu respeito. As "college band", como eram conhecidas as bandas indies americanas, também. É que esse termo "indie" hoje em dia pega mal pra caramba pra gente que curte como eu. É foda ter q aguentar bandas atuais "indies" como Caribou por exemplo, entre outras. Indie bacana mesmo era no tempo do Pavement e Teenage Fanclub. Jesus são mestres. Bem, eu tô bêbado. Então eu vou parar por aqui. Quando eu acordar e perceber que não consegui dizer o que eu queria dizer realmente, vou excluir o post e tá tudo certo. E quando vc passar por mim na rua provavelmente vai me cumprimentar e tá tudo certo. É que vc sabe q isto pode acontecer com qualquer um. Qualquer bebum. Vc sabe. De buenas.

Este texto foi postado no Facebook na madrugada de 21 de abril deste ano. O video com a música The man who sold the world tá no post logo abaixo.

Postar um comentário